(11) 3892-2302 contato@turismodeexperiencia.com.br
(11) 3892-2302 contato@turismodeexperiencia.com.br

Viagem ao Topo do Mundo: Tibet, Nepal e Bhutan

0
Peça mais informações
Peça mais informações

Ao enviar este formulário, você nos autoriza a entrar em contato com você.

Save To Wish List

Adding item to wishlist requires an account

221

Porque fazer sua reserva com a Turismo de Experiência

  • Garantia do melhor preço
  • Atendimento Premium
  • As melhores experiências e tours
  • Segurança para sua viagem

Converse com a nossa equipe

Será um prazer conversar com você sobre a sua próxima viagem!

(11) 3892-2302

contato@turismodeexperiencia.com.br

Detalhes do roteiro

A Viagem ao Topo do Mundo é um roteiro belíssimo passando pelos pontos principais do Tibet, Nepal e Bhutan!
Você conhecerá a cultura, monumentos, história, templos, monastérios em uma viagem enriquecedora e transformadora!

 

 

Consulte preços

O roteiro inclui

•  13 Noites de acomodação nos hotéis mencionados ou similar
• Refeições: café da manhã no Nepal / Meia pensão no Tibet (café da manhã + jantar) / Pensão completa no Butão (café da manhã + almoço + jantar)
• Visto para o Butão
• Visto Chinês + Permit Tibetano
• Taxa governamental de turismo no Butão
• Todos os transfers e traslados por terra do itinerário em veículo novo, privativo do grupo com A/C
• Serviços de guias locais em todos os passeios e monumentos visitados: (Em idioma espanhol para o Nepal / Em idioma Inglês para Butão e Tibet)
• Guias em Espanhol no Tibet e Butão a partir de 06 passageiros
• Representantes da Via Índia em todos os embarques e desembarques com assistência no check in e check out
• Bilhetes de entrada para todos os monumentos e passeios mencionados no itinerário
• Todos os internos do roteiro em classe econômica
• Todas as taxas inclusas

Roteiro

1º diaCHEGADA EM KATHMANDU

Chegada no aeroporto internacional de Tribhuvan. O visto Nepalês é obtido na chegada ao Nepal (USD 35). Após os trâmites de chegada, encontro com o receptivo, transfer ao hotel onde vão encontrar nosso representante para entrega dos documentos para solicitação do Visto Chinês. [Passaporte/02 fotos impressas coloridas tamanho 5×7].

À tarde, saída conhecer Boudanath, a estupa de 36m que é o centro da cultura Tibetana no Nepal e uma das maiores da Ásia. Muitos refugiados Tibetanos se estabeleceram aqui durante a invasão de seu país e até hoje o local é conhecido como “Little Tibet”. Vamos assistir às orações em um monastério, acender lamparinas de manteiga e receber a benção do monge. Noite livre e Pernoite em Kathmandu.

2º diaKATHMANDU

Café da manhã no hotel. De manhã vamos ao coração da cidade em Durbar Square – a praça possui mais de 50 templos datando do século XVII e já foi o complexo residencial da família real Nepalesa. Passeio a pé no comércio local conhecendo templos menores e escondidos e os mercados de rua. Aqui vamos ao Templo da Deusa Viva e depois de tuctuc para Thamel através das estreitas vielas da cidade antiga com uma rica arquitetura ornamentada com esculturas em madeira. Após o almoço (não incluso) tempo para descobrir o comércio e visita a Swayambunath, a maior e mais importante stupa do Nepal, com seus quatro olhos que observam o Vale. Também chamado de Monkey Temple – é um dos mais importantes centros de peregrinação espiritual do Nepal – daqui teremos uma bela vista do vale de Kathmandu e das estupas no pôr-do-sol. Retorno ao hotel no final do dia e pernoite em Kathmandu.

3º diaKATHMANDU – BHAKTAPUR - KATHMANDU

Café da manhã no hotel. De manhã vamos à cidade vizinha de Bhaktapur, a antiga capital do Nepal até meados do século XV. Sua Durbar Square (Durbar Square é o nome genérico para diversas praças em cidades Nepalesas) é repleta de construções de interesse arquitetônico e artístico Nepalês. Visita ao Palácio das 55 janelas, Lion Gate e Golden Gate. Tarde livre. No final da tarde vamos a Pashupatinath, o mais antigo templo Hinduísta do Nepal. A data de sua construção é incerta, mas indícios apontam para 400 d.C. Ficaremos para assistir ao Aarti, a cerimônia noturna às margens do Rio Bagmati. Retorno ao hotel e pernoite em Kathmandu.

4º diaKATHMANDU – LHASA

Café da manhã no hotel e transfer ao aeroporto para embarque no voo com destino ao Tibet. Na chegada ao Aeroporto de Gonggar, encontro com nosso representante e transfer ao hotel em Lhasa [60km/01h00]. O dia é livre para aclimatação na altitude. Pernoite em Lhasa.

*Voo China Airlines 12h10/16h00 *horário sujeito a variação.*

5º dia LHASA

Café da manhã no hotel. De manhã, visita ao Monastério Drepung – este já foi um dos maiores do mundo e chegou a abrigar dez mil monges. Este mosteiro foi a residência dos quatro primeiros Dalai Lamas até a construção do Palácio de Potala em 1645. O Drepung sofreu poucos danos durante a chamada “Revolução Cultural” e contém inúmeras relíquias históricas, artísticas e escrituras sagradas.
Depois do almoço, visitaremos o Monastério Sera. Faremos a caminhada de Sera Kora, com cerca de 1h de duração, e em seguida assistiremos uma das famosas sessões de debate dos monges antes de retornar a Lhasa. Noite livre e pernoite em Lhasa.

6º diaLHASA

Café da manhã no hotel e saída para o tour em Lhasa. De manhã, vamos ao Palácio de Potala: Esta maravilha arquitetônica é o marco principal de Lhasa, e pode ser visto de todas as direções por quilômetros ao redor. A uma altitude de mais de 3.700m, o Potala ocupa uma área de mais de 360.000m2. Todo o complexo, composto de corredores, salões, santuários, salas de oração, dormitórios e pátios de monges é reconhecido como um dos maiores e mais altos palácios do mundo.
Depois, vamos a Jokhang Temple: um enorme edifício composto por três andares e um telhado aberto repleto de capelas e câmara que passou por diversas reconstruções e reformas desde sua construção no século VII. O templo foi saqueado diversas vezes durante as incursões mongóis, mas seu pior momento é vivido desde sua ocupação Chinesa em 1959. O Jokhang é o templo mais famoso do Tibet, e por ele não ser controlado por uma vertente específica do budismo tibetano, ele atrai adeptos de todas as vertentes religiosas. O passeio termina em Barkhor Street: O centro da antiga Lhasa, Barkhor é a rua mais antiga e tradicional de Lhasa, onde a cultura tibetana, a economia, a religião e as artes se concentram. Retorno ao hotel e pernoite em Lhasa.

(Informamos que para proteger o patrimônio do palácio, há uma limitação no número de turistas que podem visitá-lo simultaneamente. Como o palácio é feito de argila e madeira, ele pode se tornar frágil se muitos turistas o visitarem ao mesmo tempo. Apenas um número máximo de turistas pode visitar o palácio por hora, e o tempo de visitação também foi limitado em uma hora. Portanto, o horário da visita pode variar, podendo ser de manhã ou de tarde, ou até mesmo no dia seguinte, de acordo com a disponibilidade)

7º diaLHASA – KATHMANDU

Café da manhã no hotel e check out com transfer ao aeroporto de Gonggar e embarque no voo de retorno a Kathmandu. Encontro com o receptivo, transfer ao hotel e dia livre para suas atividades próprias. Pernoite em Kathmandu.

*Voo: Sichuan Airlines 11h15/10h30 (o horário de chegada se dá em função do fuso).*

8º diaKATHMANDU – PARO – TIMPHU

Café da manhã no hotel e transfer ao aeroporto para embarque no voo com destino a Paro, no Butão. Se o dia estiver claro, você terá vistas deslumbrantes dos picos nevados e das verdes planícies de Paro. O primeiro presente do Butão são os ares puros e frescos logo no desembarque da aeronave. Na chegada você será recepcionado pela nossa equipe e seguirá por terra até a capital, Timphu. No caminho você fará uma parada em Chuzom, a confluência dos rios Paro e Timphu. Três diferentes estilos de Stupas adornam o local: Tibetana, Nepalesa e Butanesa. Adjacente está o Tschogang Lhakang (Templo do Cavalo Excelente, uma das manifestações do Buda da Compaixão). Changangkha Lhakhang – fortaleza e escola monástica estabelecida no século XII em local escolhido pelo Lama Phajo Drugom, cuja estátua aqui colocada mostra uma manifestação com 11 cabeças. Deste ponto temos uma belíssima vista do Vale de Timphu. Na chegada, checkin e almoço.
À tarde, visita a Traschichoedzong, “Fortaleza da Fé Gloriosa”. Este é o centro governamental e religioso e sede do trono Butanês, construído em 1641. Depois faremos um agradável passeio a pé de reconhecimento da cidade. Jantar e pernoite no hotel.

9º dia TIMPHU

Café da manhã no hotel e saída para tour de Timphu: visita ao bazar de artes e artesanato (e também escola de artes) onde os alunos se dedicam por 06 anos a aprender as 13 artes tradicionais Butanesas e à Biblioteca Nacional, que contém um imenso acervo de textos e escrituras budistas datando de séculos de existência. O Museu Têxtil oferece insights sobre uma das mais distintas artes do reino. Depois, vamos a Simply Bhutan, um museu vivo sobre as tradições do país. Almoço. À tarde, vamos ao Buddha Point de onde termos a vista do Vale de Timphu e podemos oferecer nossas orações na maior estátua de Buda do país. Ainda nesse dia, Memorial Chorten – construído pelo terceiro rei do Butão como um monumento à paz e prosperidade mundiais e à Takin Preserve, centro de preservação do animal nacional do Butão. O Takin é parecido com uma mistura de cabra com vaca. Taxonomistas o colocam em uma categoria única. Jantar e pernoite em Timphu.

10º diaTIMPHU - PUNAKHA

Café da manhã no hotel e transfer por terra para Punakha passando por Dochula Pass a uma altitude de 3,080m – as passagens de altitude são marcadas pelo Chorten Butanês e bandeirolas de oração. Deste ponto temos a majestosa visão dos Himalaias. Seguimos para Chimi Lhakhang, no centro do Vale, também conhecido como Templo da Fertilidade – construído no ano de 1499 onde vamos atravessar uma das mais longas pontes suspensas do Butão com 148m de altura sobre o rio Po Chu. Após o almoço, visita a Punakha Dzong (Palácio da Grande Felicidade), construído na junção dos rios Phochu e Mochu em 1637. Este dzong já foi um dia o centro administrativo e religioso do Butão com sua torre de 6 andares e domo em ouro. Os santuários e jardins internos exibem a riqueza da tradição espiritual Butanesa. Seu guia irá iluminar o entendimento sobre esta exótica e sofisticada cultura. Muitos casais fazem orações aqui para serem abençoados com a graça de um filho. A trilha leva aos campos de arroz do vilarejo de Pana, onde faremos uma agradável caminhada conhecendo os nativos e costumes locais. Jantar e pernoite em Punakha.

11º diaPUNAKHA - PARO

Rinpung Dzong (Fortaleza das Jóias), com uma história e tradições fascinantes. Construída em 1646, o edifício abriga o corpo monástico e administrativo de Paro. O acesso é pela Ponte chamada Nemi Zam, e ao atravessá-la temos um panorama da maravilha arquitetônica deste Dzong. Aqui acontece o famoso Festival Tshechu na primavera – galerias de madeira entalhada adornam o espaço com sofisticadas pinturas que ilustram o Budismo e a vida do sábio Milarepa, o Monte Sumeru e a mandala cósmica. Após o checkin, visita a Ta Dzong, originalmente construído como Torre de Observação e que é hoje o Museu Nacional com um extenso acervo de Thangkas Tibetanas, armamentos, objetos de uso doméstico e cotidiano, produtos têxteis e vestuário e artefatos de interesse histórico e científico. No final do dia, passeio no alegre e variado comércio local. Jantar e pernoite em Paro.

12º diaPARO (NINHO DO TIGRE)

Tiger´s Nest – o cartão postal do Butão e um dos mais famosos e sagrados templos do território. Conhecido também pelo nome oficial, Taktsang Palphug Monastery está situado nas encostas do Vale de Paro. O primeiro complexo de templos foi construído em 1692 ao redor da caverna onde o Guru Padmasambhava sentou-se em meditação durante três meses inteiros no século VIII. A ele se credita a introdução do Budismo no Butão.

Aproximadamente 3h de caminhada em subida até o ponto de visão do mosteiro, com parada de descanso e chá. Você pode amarrar bandeirolas de oração e requisitar que um monge local ore em seu nome. Descida e almoço.

No retorno, parada em Kyichu Lhakhang, um dos mais antigos templos Butaneses e também um dos mais misteriosos lugares do país – no século VIII, foi visitado pelo Guru Rinpoche – se acredita que ele aqui deixou guardados muitos segredos espirituais, disponíveis apenas aos iniciados na tradição. O dia termina com uma visita a uma tradicional casa rural Butanesa. As casas Butanesas são coloridas, finamente decoradas e tradicionalmente construídas sem o uso de um único prego, seguindo o mesmo padrão estrutural. Esta visita é uma forma interessante de se ter um insight sobre os costumes e a vida local rural. Retorno ao hotel, jantar e pernoite em Paro.

13º diaPARO – KATHMANDU

Café da manhã no hotel e transfer ao aeroporto para embarque em seu voo com destino a Kathamandu. Receptivo no aeroporto e transfer ao hotel. Dia livre para suas compras e atividades.

14º diaKATHAMANDU – PARTIDA

Check out com transfer ao aeroporto para embarque no seu voo para Doha e conexão no voo para seu destino final.
Fim dos serviços.

Fotografias