(11) 3892-2302 contato@turismodeexperiencia.com.br
(11) 3892-2302 contato@turismodeexperiencia.com.br

Quando o assunto é culinária oriental, mais especificamente do Japão, é inevitável que brasileiros pensem no sushi, iguaria extremamente popular no nosso país. Porém, a Terra do Sol Nascente possui muitos outros pratos de dar água na boca. A culinária japonesa origina-se dos mais tradicionais rituais de um país rico em tradições e dono de uma cultura milenar, que se reflete não só na gastronomia, mas também em outros aspectos como a arte japonesa e seu cotidiano.

Apesar de pequeno, o Japão possui uma grande variedade de alimentos. Sua importância para as tradições japonesas é tão grande que a culinária japonesa foi reconhecida pela Organização das Nações Unidas(ONU) como Patrimônio Imaterial da Humanidade. Essa foi uma forma de homenagear e também preservar uma gastronomia tão exótica e simbólica para seu povo.

Experiências gastronômicas

Para conhecer a cultura japonesa, descobrir a sua culinária é tão importante quanto visitar templos budistas, por exemplo. A preparação dos pratos é uma verdadeira arte, mas conhecer a origem dos alimentos que chegam aos mais famosos restaurantes também é uma experiência a ser vivida.

Dois mercados são visitas obrigatórias para quem é fã da comida japonesa. O Mercado Nishiki oferece uma enorme diversidade de produtos e ingredientes típicos do Japão, e que são utilizados no preparo dos principais pratos locais. Apesar de ser frequentado pelos principais chefs e restaurantes do país, o local possibilita compras para os turistas a um preço acessível. As ruas estreitas e lotadas podem até assustar de início, mas andar pelas mais de 130 lojas do mercado é uma experiência única.

Já em Toyosu, o foco é o peixe. Alimento base para grande parte das principais receitas japonesas, o animal é protagonista e possui um espaço reservado apenas para o seu comércio. Antes localizado em Tsukiji, o mercado agora possui uma nova instalação em Toyosu. Além disso, a prática da venda de peixes continua com os costumes e tradições de antigamente.

Mesmo com a mudança para uma área mais moderna, muitos comerciantes permaneceram na região de Tsukiji por conta da importância histórica do local. Ambos os locais proporcionam experiências diferentes quanto ao comércio de alimentos. Eles também mostram a importância dos peixes na gastronomia local.

Culinária e arte

O preparo dos pratos típicos japoneses pode ser considerados uma arte. Quem já pôde observar o trabalho de um sushiman com certeza presenciou movimentos graciosos e precisos. Esses profissionais transformam o preparo da comida em algo bastante especial e particular da cultura do Japão.

Por contar com ingredientes sazonais, a culinária japonesa possui sabores e cores diferentes para cada estação do ano, tornando a composição e apresentação de cada prato em algo artístico. A preocupação com cada detalhe e a forma de preparo podem classificar a comida japonesa como arte gastronômica.

A relação da comida, seus ingredientes e a sua apresentação traz a relevância de uma das mais importantes formas de arte no Japão: a cerâmica. A composição e a apresentação da comida possuem uma relação direta com o material escolhido para servi-lo.

A combinação da cerâmica com os alimentos proporciona verdadeiras obras de arte com a beleza dos utensílios produzidos de forma extremamente artística no Japão. As cores dos ingredientes que compõem os principais pratos japoneses. Um valor não somente estético ou artístico, mas cultural.

Pilares da gastronomia japonesa

Essa importância cultural da comida e da forma como é preparada, apresentada e degustada pode ser observada nos cinco pilares da culinária japonesa. Por meio deles, é possível entender a tradição milenar que existe por trás dos alimentos e do seu preparo. Conheça cada um dos pilares:

1. Cinco sentidos 

O ritual gastronômico do Japão requer que o alimento seja apreciado através dos cinco sentidos (paladar, olfato, tato, visão e audição). Além dos gostos e dos cheiros, aspectos como a composição do prato, os utensílios utilizados, a apresentação da comida, a textura do alimento e o som do preparo dos alimentos possuem grande importância na culinária japonesa.

2. Cinco cores

Existe uma prevalência de cinco cores específicas quando se trata de comida no Japão. São elas: branco, preto, vermelho, verde e amarelo. Esses tons possuem relevância em suas origens budistas e podem ser vistas não só na comida, como em templos e obras de arte. Para os japoneses, as cores também possuem um valor nutricional maior se combinadas e aumentam o prazer visual dos pratos.

3. Cinco sabores

Fazem parte deles o doce, o salgado, o azedo e o amargo. São 4, não é mesmo? Na cultura japonesa o quinto é o umami, termo que vem da palavra japonesa umai, que significa delicioso. Esse diferente sabor foi descoberto pelo cientista Kikunae Ikeda e tem relação com alimentos que contêm glutamato, entre eles peixes, laticínios e legumes. Trata-se de um sabor difícil de descrever e não tão agradável quando consumido sozinho, mas que provoca salivação caso consumido com outros alimentos.

4. Cinco maneiras

A preparação dos alimentos é uma arte. Existem cinco diferentes métodos: cozido, frito, cru, cozido no vapor e assados e grelhados. Com culinárias distintas dentro da sua gastronomia, é possível experimentar todos os preparos juntos na culinária Kaiseki, que oferece experiências gastronômicas únicas.

5. Cinco atitudes

Como o budismo tem grande influência na cultura japonesa, na gastronomia não é diferente. A doutrina budista observa e respeita cinco atitudes básicas para o momento da refeição, principalmente se realizada em um templo. É uma forma de agradecer antes de consumir os alimentos. É uma forma de agradecer antes de consumir os alimentos. As 5 atitudes são:

  • Refletir sobre o trabalho realizado até a comida chegar você;
  • Fazer uma reflexão sobre ser merecedor da refeição;
  • Ter a mente livre do egoísmo e da ganância ao saborear uma refeição;
  • Pensar que cada alimento é um remédio eficaz para manter a saúde do corpo;
  • Aceitar os alimentos para que seja possível cumprir a tarefa de iluminação.

Japão além do sushi

Viajar ao Japão e descobrir os mistérios e particularidades de sua culinária é essencial para quem quer entender melhor as nuances de uma cultura milenar e tão diferente dos costumes ocidentais.

Você pode viver experiências inesquecíveis ao degustar os mais deliciosos alimentos da culinária japonesa. Além disso, uma viagem ao país permite que você se encante pela arte de um destino tão tradicional e cultural. Para mais informações sobre o roteiro de culinária e arte no Japão, clique aqui

 

Deixe seu comentário